Ter o próprio negócio compensa

Segundo levantamento do SEBRAE-SP, nível de satisfação do MEI é elevado, mesmo em meio à crise.

Optar pelo próprio negócio como meio de vida, mesmo em tempo de crise econômica, está deixando muitos empreendedores satisfeitos com a decisão. A conclusão é da pesquisa MEI 2017 realizada pelo SEBRAE-SP sobre o perfil do microempreendedor. Entre os entrevistados para a pesquisa, 86% disseram estar satisfeitos com a decisão.

A maioria empreende porque precisam de uma fonte de renda (79%), quer a independência financeira (81%) e quer mais autonomia sobre as decisões. Apenas 25% dos microempreendedores partiram para o próprio negócio porque estavam desempregados e não encontravam recolocação com carteira assinada.

A pesquisa mostra que os principais ramos de atuação escolhidos pelos microempreendedores são: beleza, construção e vestuário. Mas nem sempre o empreendedor investe em algo com que já trabalhava anteriormente. Mais de 40% dos entrevistados mudaram de área ao abrirem o negócio próprio. Contudo, a dedicação é grande: 66% empenham sete ou mais horas por dia à atividade.

Fonte: http://empreendedor.com.br/

 

 

Quer empreender?

Clique aqui e saiba mais sobre a Oportunidade de Negócios Jeunesse.

 

Você pode gostar também de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *